Topo
Blog do Henrique Szklo

Blog do Henrique Szklo

Categorias

Histórico

Escrever pode ajudar a desenvolver o pensamento criativo

Henrique Szklo

21/08/2018 04h00

Crédito: iStock

A criatividade não é a organização do caos. Isso é mito. Caos só gera mais caos. Criatividade é, eminentemente, resultado da estruturação do pensamento. Nosso cérebro não suporta, tem nojo de bagunça. Ele busca lógica o tempo todo. Por isso adora ter tudo organizadinho em suas caixinhas mentais para saber onde as coisas estão quando precisar delas. A falta de lógica, organização e estrutura gera insegurança e pavor. E o processo criativo só irá deslanchar de verdade se você não estiver com o freio de mão puxado. Não quer dizer que alguém que não estruture o pensamento seja incapaz de criar, não ousaria afirmar uma coisa destas. Porém, o samba-do-criolo-doido criativo fará o sujeito perder muito tempo e dispender muito mais energia do que se deixar as coisas mais organizadas. Muito mais.

Me dá chikungunya cada vez que leio aqui na internet aquelas listas infames que prometem ensinar a ser mais criativo com 5, 7, 10, 50 regrinhas. Pelo-amor-de-deus! Quanta bobagem. Mudar o caminho que faz para o trabalho, comer um ovo azul no boteco e conversar com seu avô podem ser experiências muito ricas, mas não têm nada a ver com ser mais ou menos criativo. Também não é tão difícil como outros gostam de fazer parecer. Criar é razoavelmente fácil, contanto que você saiba o caminho. E não confunda fácil com relaxante. Não, colega, criar é fácil mas dá trabalho.

Aprendemos a escrever não para sermos escritores, mas para nos ajudar a aprender todo o resto

O importante para o cérebro é aprender a criar. E a gente só aprende a criar criando. E quanto mais a gente cria, mais o cérebro entende, cognitivamente, o processo. Você pode não saber verbalizar o modus operandi deste aprendizado, mas o seu cérebro sim, pois estará alguns degraus acima do que estava antes de você desafiá-lo. É o que eu chamo de Aceleração Cognitiva: ao exercitar a criatividade, o cérebro, naturalmente, vai encontrando as respostas de forma mais rápida. Como em qualquer atividade humana, o treinamento aprimora a técnica. E os resultados são, na maioria das vezes, melhores.

Existem muitas maneiras de estruturar o pensamento e promover o desbloqueio criativo. E uma delas é por meio da escrita. O ato de aprender a escrever quando somos crianças não está relacionado à nossa vocação profissional lá adiante. Aprendemos a escrever não para sermos escritores, mas para nos ajudar a aprender todo o resto. A redação, portanto, não é necessariamente um fim, mas um meio para desenvolvermos nossa capacidade de pensar. Mais que isso: é uma ferramenta poderosa para estimular o pensamento criativo. O ato de escrever organiza nosso pensamento, coloca estruturas que auxiliam nosso processo mental e dá força à nossa capacidade de criar. Mesmo para pessoas que trabalham com comunicação visual, ou seja, mesmo para aqueles que não lidam diretamente com a escrita.

É por isso que desenvolver a escrita criativa é para todo mundo. Muito mais do que fazer o texto deslanchar, através do texto podemos trabalhar a estruturação do pensamento, construindo uma lógica criativa para o desenvolvimento de qualquer atividade. Pode ser uma redação, mas pode também ser um design, um processo industrial ou uma nova rede social. Um bom curso de redação criativa não serve só para aprender a escrever. É para aprender um novo jeito de criar.

O desbloqueio criativo por meio da escrita fará com que você descubra atalhos em seu próprio raciocínio para chegar mais rápido a resultados criativos. Você pode até pensar que não gosta de escrever. Mas de criar gosta, não gosta?

Sobre o autor

Henrique Szklo exerceu durante 18 anos a profissão de publicitário na área de criação, como redator e diretor de criação. Hoje é estudioso da criatividade e do comportamento humano, escritor, professor, designer gráfico, palestrante e palpiteiro digital. Desenvolveu sua própria teoria, a NeuroCriatividade Subversiva, e seu próprio método, o Dezpertamento Criativo. É coordenador do curso de criatividade da Escola Panamericana de Arte e sócio da Escola Nômade para Mentes Criativas. É colaborador também do site ProXXIma, tem 8 livros publicados e é palmeirense.

Sobre o blog

Assuntos do momento observados com bom humor pela ótica da criatividade e do comportamento humano. Sempre com um viés provocador e fugindo do senso comum. E que São Magaiver nos proteja!